Na Suécia, trabalhadores ganham licença para abrir seu próprio negócio

Por: ScandinavianWay – 13/02/2019

Nos últimos 20 anos, os trabalhadores suecos têm desfrutado de um privilégio incomum: o direito de tirar seis meses de folga e iniciar seu próprio negócio. Batizada, literalmente, de “Direito de Sair e Criar um Negócio”, a lei faz parte de uma série mais ampla de direitos concedidos aos trabalhadores para fazerem coisas fora de seus empregos, como estudar ou cuidar de um membro da família.

the-value-of-cooperation

Photo: Melker Dahlstrand/imagebank.sweden.se

Continuar lendo

Força de trabalho feminina: se o mundo copiasse a Suécia, economia global ganharia US$ 6 trilhões

Por: ScandinavianWay – 07/03/2019

Sweden-640x480

O mundo poderia gerar uma riqueza adicional de trilhões de dólares se elevasse o número de vagas para as mulheres para o mesmo patamar visto na Suécia, onde 69% delas trabalham. A estimativa aparece em um estudo elaborado pela consultoria PwC e divulgado nesta semana, pouco antes do Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta sexta-feira (8/3).

O estudo levou em consideração os países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo formado por 33 economias desenvolvidas. Ao elevar para 69% o nível de emprego das mulheres em todos esses países, a injeção de riqueza em suas economias seria de US$ 6 trilhões, segundo registra a Thomson Reuters Foundation. Além disso, estima a PwC, outros US$ 2 trilhões seriam gerados ao equiparar os salários de homens e mulheres que desempenham as mesmas funções.
Continuar lendo

Escandinavos encabeçam lista de países que mais asseguram direitos trabalhistas, diz estudo

Por: ScandinavianWay  – 04/07/2019

Os escandinavos fazem parte da lista restrita de países que mais asseguram o cumprimento dos direitos dos trabalhadores, segundo um levantamento feito pela Confederação Sindical Internacional (ITUC, na sigla em inglês). A entidade é a maior união de sindicatos do mundo, com mais de 200 milhões de integrantes.

_04072019123022_gde

Continuar lendo

Suécia e Noruega têm as melhores políticas de família, segundo Unicef

Por: EFEAs Nações Unidas – 13/06/2019

Suécia, Noruega e Islândia têm as melhores políticas de família do planeta, segundo um estudo realizado pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que compara a situação em 31 países ricos de todo o mundo.

60c367e3-c5c5-42b5-8df8-5e8a7ce226d3.jpg

Foto: JANERIK HENRIKSSON / TT

O relatório se baseia em uma análise das permissões para mães e pais e nos serviços de cuidado e educação de crianças de 0 a 6 anos, dois fatores chave para os menores.

“Não há um momento mais crítico para o desenvolvimento cerebral das crianças e, portanto, de seu futuro, do que os primeiros anos de vida”, afirmou em comunicado a diretora-executiva do Unicef, Henrietta Fore, que reiterou que os governos têm que ajudar os pais a criar as condições necessárias para os filhos. Continuar lendo

Suecos vão trabalhar apenas seis horas por dia

Por: Susana Lúcio – Sábado – 17/08/2016

A Suécia vai implementar um horário de trabalho reduzido para aumentar a produtividade e a felicidade.

 140626081632-ikea-wages-620xa

Há cada vez mais empresas na Suécia a implementar um horário laboral de apenas seis horas. Filimundos, uma empresa de desenvolvimento de apps, em Estocolmo, deu a boa notícia aos seus empregados há um ano. Continuar lendo

Jornada de trabalho de 6 horas diárias triunfa na Suécia

Por: Esquerda.com – 29/092015 às 13:10h

“As pessoas estão mais à vontade, quase não temos baixas e é mais fácil contratar novas pessoas”, reconhece ao diretor-gerente da Toyota de Gotemburgo, que aplica a jornada há três anos. No período, empresa aumentou os lucros em 25%

Foto de Paulete Matos.

Foto de Paulete Matos.

Mais produtividade e menos stress. Este foi o resultado de passar a jornada de trabalhado de oito para seis horas diárias sem redução salarial para os trabalhadores de um lar de idosos em Gotemburgo.

A experiência durou oito meses e nas palavras dos seus protagonistas foi um êxito: “cansava-me muito e quando chegava a casa não pensava em outras coisa senão em deitar-me no sofá, admite uma das empregadas do lar ao diário britânico The Guardian. “Mas agora encontro-me muito mais desperta, tenho muito mais energia para o trabalho e para a vida familiar”. Continuar lendo

Finlândia faz maior greve geral das últimas duas décadas

Por: Esquerda.Net – 19/09/2015 às 12:18h

Paralisação foi convocada pelas três grandes centrais sindicais do país, que representam 80% da população ativa, contra um pacote de medidas de austeridade decretadas pelo governo após o fracasso das negociações com os sindicatos.

Manifestação paralisou Helsínquia

Manifestação paralisou Helsínquia

Dezenas de milhares de finlandeses manifestaram-se nesta sexta-feira no centro de Helsínquia, paralisando a capital finlandesa, contra um pacote de medidas de austeridade anunciado pelo governo de centro-direita. Continuar lendo

Helsinki pretende acabar com o transporte individual até 2025

Por: EcoDesenvolvimento – 10/08/2014

Helsinki, Finlândia. Cidade pretende acabar com o transporte individual automotivo a partir de 2015 (Foto: Alvaro Sanchez)

Helsinki, Finlândia. Cidade pretende acabar com o transporte individual automotivo a partir de 2015 (Foto: Alvaro Sanchez)

Dispor de um sistema de transporte público confiável e eficiente é uma meta de muitas cidades para desincentivar o uso dos automóveis e, assim, evitar os danos ambientais que eles causam. Há poucos dias, o poder público de Helsinki (Finlândia) anunciou um ambicioso plano que busca fazer, a partir do próximo ano, com que seus cidadãos não tenham motivos para utilizar os carros em 2025. Continuar lendo

Por que o sistema de educação da Finlândia é tão reverenciado

Por: Paulo Nogueira – Diário do Centro do Mundo – 05/04/2014

Tottijärven+koulu+Nokia+iPad-hanke+091112-600x337

Saiu há pouco tempo um levantamento sobre educação no mundo feito pela editora britânica que publica a revista Economist, a Pearson.

É um comparativo no qual foram incluídos países com dados confiáveis suficientes para que se pudesse fazer o estudo.

Você pode adivinhar em que lugar o Brasil ficou. Seria rebaixado, caso fosse um campeonato de futebol. Disputou a última colocação com o México e a Indonésia.

Surpresa? Dificilmente. Continuar lendo

CEOs de empresas de tecnologia chegam a ganhar mais de 100 vezes a média salarial de seus funcionários

Por: Vitor LuísInstituto Myrdal

nova norma aprovada pelo regulador de mercados financeiros dos Estados Unidos (SEC), em que as empresas seriam obrigadas a divulgar a proporção dos salários de seus CEOs em relação ao dos funcionários, trouxe a tona um estudo do centro Economic Policy Institute que comprova como há 50 anos atrás a disparidade salarial chegava a ser 300 vezes menor do que é hoje.

Também na onda da nova medida, o site estadunidense Glassdoor, fez um ranking comparando a proporção salarial entre CEOs e empregados em empresas de tecnologia , de acordo com o relato dos funcionários dessas empresas. A proporção é baseada em quantos dólares o CEO da empresa ganha para um dólar da média salarial de um funcionário em um ano. Continuar lendo